COMPARTILHAR
Três Coisas que Atrapalham sua Carreira em Gestão de Projetos

Você sabe quais são os três maiores erros que podem estar atrapalhando sua carreira em gestão de projetos? Hoje vamos falar sobre eles começando do menos pior para o maior de todos os erros de carreira.

O que te atrapalha na sua profissão de Gestão de Projetos?

Erro #3 – Pular Etapas

Muitos profissionais querem pular etapas. Especialmente no início da carreira, sentimos a tentação e a necessidade de avançar com mais rapidez.

Infelizmente, a grande verdade é que não há sucesso imediato e nem conquistas fáceis. É apenas aparência e seus efeitos não são duradouros. Construa uma carreira sólida e com foco em ética.

Assista o vídeo sobre ética profissional aqui.

Por outro lado, não confunda atividade com resultados. Tem muita gente trabalhando demais e estudando demais, mas trabalhando e estudando as coisas erradas. Isso é desperdício, perda de tempo, o que nos leva ao segundo maior erro que pode estar impedindo sua carreira.

Erro #2 – Sair Fazendo

Muita gente pensa: “Devo trabalhar muito, muito mesmo, trabalhar duro. Um dia serei recompensado. Esse dia vai chegar!” Mas não é bem assim.

Recentemente eu ouvi um comentário muito interessante que me chamou a atenção. Foi mais ou menos assim: “o fato de você escovar os dentes todos os dias não faz de você um dentista”. O que significa que, apenas a prática contínua de uma profissão ou atividade não pode te levar à excelência.

Você precisa investir sua energia nas coisas certas e do modo mais eficiente possível. Encontre cursos, livros, Procure atalhos! Isso mesmo, atalhos Ou “hacks”, maneiras melhores de fazer alguma coisa e Aprender mais rápido.

Mas qual seria a melhor maneira? Procure um bom livro, passo a passo, estruturado, consistente e com muitos exemplos. Investir R$100 em um bom livro e economizar uma semana de estudo ou um mês de aprendizado? A escolha é óbvia. O mesmo vale para cursos. Aliás, quantos cursos você fez e quantos livros você leu no último ano?

Algumas semanas atrás eu estava conversando com meu amigo Pablo. Ele me contava que foi fazer um curso de negociação em Harvard, um curso razoavelmente caro. Ele me disse que ao retornar do curso foi capaz de negociar dois contratos para sua empresa com remuneração bem superior ao valor pago no curso! E isso já aconteceu comigo.

Quando eu fiz meu primeiro curso de Project Server em 2007, achei muito caro. Logo em seguida, tive a chance de participar de implantações de Project Server cuja remuneração também superaram meu investimento no curso. Eu poderia ter “economizado” o dinheiro do curso e nunca ter acesso às novas remunerações que esse curso me trouxe.

Mas atenção, muita atenção ao que eu vou te dizer agora. Esse é o erro número 1 e o maior de todos os erros que pode estar atrapalhando a sua carreira neste exato momento!

Erro #1 – Falta de Foco

Pare de se comparar com outros profissionais, defina seus objetivos e trace um plano com base na sua situação atual, e no que você quer conquistar futuramente. E, considerando seus recursos disponíveis, siga esse plano!

Tenha um plano coerente e realista.

Nos parágrafos anteriores eu falei para você sobre a importância de investir em você mesmo e no seu aprendizado. Mas isso não significa que você deve sair fazendo qualquer curso, comprando qualquer livro.

Se você comprar hoje um livro sobre o Guia PMBOK, outro sobre PRINCE2 e outro sobre Ágil, sabe o que vai acontecer? Você não vai aprender nenhum deles. Talvez nem leia todas. Ou vai ler superficialmente. Se você fizer vários cursos a esmo, como se estivesse atirando para todos os lados, vai perder tempo e dinheiro. Não vai atingir excelência e vai se frustrar.

A minha recomendação é: tenha um plano. Faça a alocação estratégica dos seus recursos (tempo, dinheiro, atenção, energia). Eu sempre tive isso na minha carreira. No começo, meu foco era apenas o Guia PMBOK. Estudava e aplicava em todo projeto até me tornar proficiente. Somente depois disso procurei outras metodologias, uma de cada vez. Quase 10 anos depois, comecei a criar minhas próprias “metodologias híbridas”.

Um grande erro que eu vejo hoje é misturar pedaços de metodologia sem coerência.

Em termos de ferramentas, mesma coisa se aplica. Eu comecei usando Microsoft Project, e dominei a ferramenta. Depois utilizei Primavera, utilizei e participei de implantação do CA PPM, e conheci outras ferramentas. Decidi me especializar em Microsoft, que é o meu foco hoje por opção. Porém, eu nunca tentei utilizar várias ferramentas ao mesmo tempo, superficialmente.

Se quiser saber mais sobre o assunto e, caso não tenha assistido, deixo a gravação do webinar sobre carreira abaixo.